The 10 Year Plan (2014) | Review | Blog #tas




The 10 Year Plan. Dois amigos e um pacto. O que será que o destino preparou para os dois? Descubra  

Sim, uma comédia romântica sempre é bem vinda. Além de descontrair brincando com as situações do cotidiano amoroso de cada um, trazem mensagens bem valiosas que permitem reflexões bem interessantes. E tenho que dizer que temos tudo isso em The 10 Year Plan (O plano da década) que além de divertido, aborda sobre relacionamentos homoafetivos e suas perspectivas: o romantismo idealizado vs o livre despreocupado. Até que ponto os dois tornam-se aceitáveis e favoráveis, para  se viver bem? Existe alguma regra para amar? Estes e outros questionamentos, são abordados no filme de forma bem humorada e despertando algumas reflexões. Ficou na curiosidade? Então vem comigo que o objetivo aqui é compartilharmos idéias.

Chega de delongas e vamos a nossa Review

O filme

Myles (Jack Turner) e Brody (Michael Adam Hamilton) são grandes amigos e de personalidades totalmente opostas - e bote opostas nisso. Myles é um romântico sonhador, em busca de um companheiro para a vida toda. Seu maior medo é de envelhecer sozinho - o que torna sua busca um tormento, ao invés de algo prazeroso. Já Brody é o garanhão que não dispensa ninguém, o aplicativo Grindr é a sua ferramenta indispensável para seus encontrinhos casuais.

(Michael Adam Hamilton e Jack turner)

O filme começa no momento em que Myles leva um fora de um rapaz que estava conhecendo em um restaurante, e para não perder a noite, ele liga para Brody para jantarem juntos. Seu amigo inseparável chega ao restaurante e começam a conversar sobre ocorrido. Então os dois resolvem fazer um pacto: se dentro de dez anos ainda estivessem solteiros, os dois ficariam juntosUm pacto um tanto quanto estranho, mas quem somos nós para julgar, não é mesmo? Nove anos se passaram e faltando poucos dias para completar dez anos. Vamos descobrir em que pé está a situação dos dois.

Myles se tornou um advogado de sucesso, porém sem sorte no amor. O seu jeito muito amoroso assusta seus pretendentes. Ele age como se estivesse casado com alguém que conheceu em trinta dias. Já Brody se tornou um policial e continua com seu jeito garanhão, mas sempre atento ao insucesso amoroso de seu amigo - tenho que admitir que essa sua demonstração de consideração é admirável.

(Morokai Kanekoa e Michael Adam)
Somos apresentados a dois personagens de grande importância na trama: Diane (Teri Reves) e Richard (Moronai Kanekoa). Ambos são os confidentes de Myles e Brody, respectivamente. Enquanto Diane partilha seus fracassos na busca do homem de suas vida - e ao mesmo tempo saber das aventuras de Myles. Richard é o amigo hétero de Brody que constantemente trocam figurinhas sobre os seus encontrinhos com os contatinhos - e um acaba sendo o conselheiro do outro. Os dois sabem do pacto de Myles e Brody, e também estão preocupados com o desfecho desta história - principalmente com Myles. 

Sem perder tempo, Brody inicia seu plano para desencalhar Myles. Um trabalho de conscientização é posto em prática, com direito a clube de stripper, brinquedinhos sexuais e Grindr - que tal? Tudo para que o amigo desconstrua aquele relacionamento idealizado e perfeitinho, e aprenda aproveitar intensamente, aquilo que a vida tem a lhe oferecer. E não é que o plano deu certo? Porém ninguém contava que Brody se arrependeria de ter dado essa forcinha a seu amigo. Será que ainda dá tempo de consertar os estragos?


The 10 Year Plan utiliza muito bem a fórmula do amor ou amizade e sabe brincar com questões do cotidiano ligadas a relacionamentos, assim como suas preocupações. Outro ponto positivo é o vínculo criado entre o público e os personagens. Por mais que você ache Miles exagerado em suas idealizações do namoro perfeito, você fica sensibilizado pela sua preocupação em não envelhecer sozinho - também pudera, qualquer um também ficaria receoso. Já Brody é aquele amigo garanhão que todo mundo tem, que vive intensamente a vida, mas valoriza demais a amizade. Até suas frases sem noção, acabam sendo ofuscadas pela sinceridade e fidelidade que tem por seus amigos. Confira alguma delas :


Você precisa de menos romance e mais sexo 



Homens são animais visuais




Gogo Boys são apenas provocações para estimular a nossa adrenalina e aumentar a testosterona.


(Michael Adam Hamilton e Jack Turner)

Outro ponto positivo que presenciamos no filme é a abordagem o amor incondicional e o altruísmo. Não importa o grau de amizade de cada um tenha com o outro, e sim que o outro estejam bem e feliz. Apesar de bem humorado, o amor ao próximo é o foco da história, permitindo momentos de reflexões e a vivência para o público

The 10 Year Plan te entrega uma história bem fechada, leve, engraçada e com uma bela mensagem sobre a amizade. Se você ainda não assitiu, então assita! Aproveite que ele está no catálogo da Netflix e se divirta. Lembre-se de voltar aqui e compartilhar sua experiência com o filme, deixe seu comentário e me conte o que achou do pacto de Myles e Brody. Será que você faria o mesmo?



Ficha Técnica:

Original: The 10 Years Plan
Direção: JC Calciano
Elenco: Michael Adam Hamilton, Jack Turner, e outros.
País: EUA
Ano: 2014

O filme ganhou:
3 de 5 medalhas #tas
(3/5 medalhas #tas)

Se você gostou deste post, compartilhe com seus amigos, ajude a divulgar o filme e aumentar a nossa troca de ideías.

Até o próximo post ;)


Trailer:

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Realmente é uma história envolvente Augusto Queiroz, apesar de ser uma comédia romântica. Achei muito interessante a proposta do filme :)

      Excluir

Tecnologia do Blogger.