Invasão Zumbi (Train to Busan, 2016) | Review | Blog #tas

Invasão Zumbi (Train to Busan, 2016) | Review | Blog #tas capa

Conheça a produção sul-coreana que conquistou crítica e público usando sua tradicional fórmula de suspense dentro de um cenário de apocalipse zumbi.

Invasão Zumbi (Train to Busan/Busanhaeng) é um produção coreana que surpreendeu crítica e público pela procedência que não tem tradição em realizar filmes de zumbi –Mas de terror e ação. Dirigido por Yeon Sang-ho, veterano em animações, o filme marca a estreia do diretor com atores reais.

Dentro de um cenário caótico de uma epidemia zumbi, a história consegue prender a atenção do começo ao fim. A busca pela sobrevivência é trabalhada em várias sequências de pura tensão, e quando pensa que não há o que explorar, surgem novos desafios às vítimas presentes no trem.


#A História

Seok (Yoo Gong) é um workaholic divorciado e tem a guarda de sua filha, Soo-an (Soo-an kim), que fica a maior parte do tempo com sua avó paterna. O estilo de vida do pai está sendo prejudicial na relação com sua filha. Numa tentativa de reaproximação e festejar o aniversário da pequena Soo-an, Seok levará a filha para reencontrar com a mãe. 

A viagem será realizada num trem bala de Seoul para Busan. Durante os preparativos para o embarque estão sendo noticiados conflitos nos telejornais, a princípio acredita-se ser manifestantes lutando por alguma causa. Antes de fechar portas, uma garota ferida entra no trem se contorcendo de dor. No momento da partida Soon-an vê um funcionário da estação ser atacado, porém o transporte já estava em movimento e ela não pôde visualizar melhor o ocorrido.


A garota ferida começa a apresentar sintomas fora do comum: as cores de seus olhos e de sua pele mudam, e seu corpo começa a se contorcer. Uma funcionaria tenta socorrê-la, mas é atacada e de imediato vai apresentando os mesmos sintomas da garota infectada, todos que estão ao redor são atacados. O Pânico vai se espalhando pelo trem e inicia-se uma corrida de busca pela sobrevivência.



# Impressões

Invasão Zumbi é muito bem trabalhado, engana-se quem acha que serão duas horas com um enredo sem muito o que contar, muito pelo contrário - ele soube aproveitar muito bem cada minuto. Diferentemente dos zumbis que estamos acostumados a ver em outras produções, a versão de Yeon Sang-ho são bem mais tenebrosos. A agilidade e força descomunal são características marcantes destes mortos-vivos que vão espalhando terror e contaminado os demais vagões. 

A produção apresenta alguns elementos clichês em torno do universo dos zumbis, mas diferencia-se pela forma que é desenvolvida. Percebe-se ao final da história que Yeon Sang-ho reuniu apenas aquilo que deu certo em outras produções. As cenas de perseguições das vítimas são semelhantes a de ratazanas enlouquecidas e lembram demais Guerra Mundial Z.


Após assistir Invasão Zumbi o público só tem uma certeza, de que Yeon Sang-ho conseguiu dar um gás para algo que, de certa forma, estava desgastado, e fazer todos esquecerem de respirar por duas horas. Você já recuperou seu fôlego? Então compartilhe sua experiência com a gente, deixe seu comentário. Se você gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e divulgue o filme e aumente sua lista de "filmes marcantes".


Até o próximo post!


Ficha Técnica:

Original: Train to Busan/Busanhaeng
Direção: Yeon Sang-ho
Elenco: Yoo Gong, Soo-an Kim, entre outros.
Distribuição: Paris Filmes
País: Coreia do Sul
Ano: 2016

O Filme Ganhou:
(4/5 medalhas #tas)


Trailer:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.