Boy´s Love: Histórias de Amor Sem Preconceito | Resenha | Blog #tas

Capa - Resenha | Boy´s Love: Histórias de Amor Sem Preconceito | Blog #tas


Um gênero japonês com uma pegada brasileira. Confira a publicação da Editora Draco, Boy's Love – Histórias de Amor Sem Preconceito.



Ao iniciar uma leitura, principalmente dentro de um novo universo, sou o tipo da pessoa que cria mais expectativas nas interpretações a serem feitas, do que nas histórias propriamente ditas. E posso dizer que as tive superada com o livro Boy's Love – Histórias de Amor Sem Preconceito

Este foi meu primeiro contato com o gênero Boy´s Love, ou mais conhecido como Yaoi. Apesar de suas origens serem nipônicas, o livro é uma produção brasileira e organizada pela ilustradora profissional Tanko Chan – que já trabalhou em produções de quadrinho nacionais e mangás independentes nos EUA. Logo nas primeiras páginas temos uma apresentação bem didática do conceito de Boy's Love e algumas de suas principais nomenclaturas.

"O boy´s love engloba várias mídias como quadrinhos (mangá), animações (anime), filmes e jogos, e trata de histórias homoeróticas entre rapazes. Mas ao contrário do que se pode pensar, é um material vendido para o público primariamente feminino."

(Tanko Chao)


O livro possui nove contos dentro do universo fantástico – ficção científica, fantasia e terror. É um material de qualidade que além de trabalhar a imaginação do leitor, aborda alguns assuntos presente em nosso cotidiano, e que permitem algumas reflexões.

Abaixo segue um breve comentário, sem spoilers, das mensagens que podem ser extraídas em cada um deles.

Capa


#01 - A Última Troca - Inês Montenegro

As boas-vindas são dadas com este conto dentro do universo do sobrenatural. O bullying, a justiça, a moral e instintos são abordados com as seguinte temática: O mau combatendo o mau  é aceitável? Até que ponto o instinto pode ser controlado pelo amor? Foi um enredo interessante que, ao meu ver, teve um final coerente. Sendo esse um dos meus favoritos.

#02 - A Floresta Branca - Marcia Souza:

Inserido no universo da fantasia, temos o orgulho e a vingança personificados no protagonista Ravin. As atitudes movidas por impulsos emocionais o tornavam, muitas vezes, um personagem irritante. Destaque merecido para a qualidade descritiva da floresta e dos seres que nela habitam que permitiram uma visualização do ambiente em nossas mentes.

#03 - Sobre Ele - Fabio Baptista

O bullying novamente é abordado neste conto de ficção científica, com ênfase a esperança. A história se passa num futuro distante, dentro de um cenário distópico. A terra se encontra devastada devido uma guerra entre os planetas – estilo Star Wars. Apesar do foco ser o romance dos protagonistas, eu enxerguei um potencial na história.  Não sei se há pretensões do autor em publicar um livro  em cima da temática guerra no espaço. Porém, fica registrado a boa impressão que tive do enredo.

#04 - Reminiscência - Priscila Barone:

O inconformismo e a viagem no tempo são o carro-chefe deste outro conto de ficção científica. O enredo é composto de teorias, bastante objetivas, em torno da mecânica quântica. A história é interessante, mas tive a impressão que houve uma grande preocupação em descrever os conceitos, do que a história em si. Talvez o objetivo era permitir esclarecimentos, porém tornou-se algo um pouco técnico. Talvez a publicação de um livro explorando mais detalhes, permitiria o equilíbrio entre a teoria e a ficção ao qual foi proposta na história.

Tanko Chan - blog #tas
(Ilustrações - Tanko Chan)


#05 - Fabulosa Receita de Yoshi - Diego Umino – Hatake:

Aqui temos escolhas e idealizações inseridos no universo da magia. O protagonista, Yoshi, diverte-nos com suas reflexões e frustrações em torno de sua busca. É com a aparição relâmpago de sua mãe que é enfatizado o livre arbítrio, tornando-o um dos meus favoritos quando a mesma afirma: "nunca se tem garantia de que algo vai dar certo. No fim, você só vai saber se tentar."  

#06 - Alma Mecânica - Agatha Yukari:

Discriminações é o carro-chefe deste conto que mistura o sobrenatural com ficção científica. Num mundo distópico a aprovação da cidadania de alguns robôs motivou uma guerra entre os humanos e as máquinas. Os eventos aqui são narrados por um coletor de almas – mais conhecido como anjo da morte – que descreve a onda de crime que tomou conta do mundo. A forma como foi trabalhada "a ciência, a moral e a tecnologia" fez com que este ficasse em primeiro lugar dos  meus favoritos.

#07 - Além da Fábrica - Rubem Cabral:

Numa analogia a vida, a alienação e o conformismo são os assuntos explanados neste conto. Aqui sociedade é dividida em setores e a padronização de hábitos é a estratégia utilizada para garantir a permanência de uma existência conformista. Apesar da abordagem ser interessante, confesso que senti mais empatia pelo personagem Kal-100032 – seguro, forte e determinado – do que pelo protagonista, Tom-43878 – imediatista e sem visão de futuro, até nos momentos de sua mudança. Senti um desejo em particular de uma continuação, principalmente na visão de Kal-100032

#08 - Última Vez - Melissa de Sá:

Novamente no universo da magia, temos a abordagem sobre escolhas e sacrifícios. Até que ponto certas atitudes afetarão positivamente o próximo? O sacrifício é um sinal de amor? Gostei da forma que foi desenvolvida a história, mas tive a sensação que os protagonistas poderiam ser mais explorados, ao invés do ambiente em que se encontravam. Apesar de achar piegas a cena final, foi coerente com a temática proposta.

Tanko Chan - blog #tas 02
(Ilustrações - Tanko Chan)


#09 - Jaulas - Tanko Chan:

altruísmo e a discriminação são abordados dentro de um cenário da fantasia ambientado no século XIX. Um estudo comportamental de uma espécie de primatas, homens-lêmure, provocará um choque de valores em termos de questões sociais. O conto é um pouco triste por conta dos maus-tratos à espécie em questão. Além de entrar no ranking de meus favoritos, também enxerguei um potencial para virar um livro.

Sendo assim...

Após a leitura de Boy's Love: Histórias de Amor Sem Preconceito, ficou comprovado que ele é um material rico em interpretações. Foi uma experiência muito agradável e que despertou interesse em conhecer outros trabalhos de tal gênero. 

Outro destaque interessante é o fato do livro ser uma produção nacional. É muito satisfatório descobrir um leque de opções do universo fantástico, principalmente dentro da literatura nacional. Percebemos que há muito o que  explorar dos nossos tesouros e divulgá-los, conforme afirma a editora.

Este foi o primeiro volume publicado pela Editora Draco do gênero Boy´s Love, porém existem outros volumes, assim como outro gêneros,  que podem ser adquiridos no site oficial da editora. No seu blog, além das novidades, são divulgados o períodos de seleções de novos autores para novos projetos. Deem uma conferida.




Ficha Técnica
Título: Boy's Love: Histórias de Amor Sem preconceito
Organizadora: Tanko Chan
Editora: Draco
Ano: 2014

O livro ganhou:

04 medalhas #tas
(4/5 medalhas #tas)

Agora é aquele nosso momento de trocarmos ideias. Gostaria de saber sua opinião sobre o livro Boy's Love:Histórias de Amor Sem Preconceito. Qual conto você gostou mais? O que você identificou que não foi mencionado aqui? Fique a vontade  e deixe seu comentário.

Se você gostou deste artigo, compartilhe com seus parentes e amigos. Divulgue à todos aqueles que são fãs da literatura fantástica e que possam entrar nessa descoberta de novos autores nacionais.

Até o próximo post!

2 comentários:

  1. Eu gostei mais de "Jaulas". Esse livro é bem legal, mas na minha opinião o segundo é ainda melhor. Espero que leia e curta bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana, o conto "jaulas" é muito bom mesmo. Até mencionei que enxerguei a possibilidade do autor expandir essa história em um livro. Quanto ao segundo livro? Começarei a ler hoje e estou com expectativas e espero gostar. Continue interagindo no blog. Um grande abraço.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.