• Boys (Jongens, 2014) | Review | Blog #tas

     Boys (Jongens, 2014) | Review | Capa


    Boys (Jongens, 2014). Um filme sobre a descoberta da sexualidade de forma delicada e poética. 




    Boys (Jongens, nome original) é um filme LGBT independente produzido para a televisão holandesa e com duração de 78 minutos – bem rapidinho né? E não é apenas o seu tempo de duração que chama a atenção, mas a forma delicada e cuidadosa em contar a fase de descoberta da sexualidade de nosso protagonista, Sieger (Gijs Blom). 

    A direção ficou por conta de  Mischa Kamp, uma diretora veterana da televisão holandesa e que estava acostumada a trabalhar com o público infantil, justificando aí a forma como a história é trabalhada.

    Ko Zandvliet e Gijs Blom | Boys - 2014
    (Ko Zandvliet e Gijs Blom | Boys - 2014)

    Bem chega de delongas e vamos para nossa resenha. #PartiuReview

    #Sobre o que é?

    Boys irá contar a história de Sieger, um garoto de 15 anos que participa do time de corrida de revezamento de sua cidade. Apesar dele ser um garoto tranquilo, o conflito entre seu pai e irmão é algo que o incomoda constantemente, desde que sua mãe faleceu. Tal situação torna-se um gatilho para se aperfeiçoar cada vez mais no esporte. E é durante os seus treinos que ele conhece o Marc (Ko Zandvliet), um rapaz divertido e espontâneo. Além do companheirismo em equipe, aos poucos, os dois vão desenvolvendo uma grande amizade - fazendo com que Sieger esqueça um pouco do clima desconfortável de sua casa.

    Sieger e Marc durante os treinos | Boys - 2014 | Blog #tas
    (Sieger e Marc durante os treinos | Boys - 2014)


    Porém Marc cultiva um carinho muito grande por Sieger que ao perceber sua reciprocidade, começa a avançar nas investidas, até conseguir beijá-lo num lago onde estavam nadando. Sieger se sente bem com a presença de Marc e corresponde esse carinho, mas acaba não sabendo lidar com essa descoberta de descobertas, principalmente por não ter ninguém para compartilhá-las. E as incertezas aumentam quando ele descobre que Marc está apaixonado por ele.

    Gijs Blom é Sieger | Boys- 2014 |Blog #tas
    (Gijs Blom é Sieger | Boys- 2014)


    #O que encontrarei?

    Conforme mencionei no início do post, o filme é tratado de forma poética e delicada. Sendo assim, você não irá encontrar cenas ousadas ou que explorem a sexualidade entre os dois garotos. Muitas das interpretações são concentradas nas expressões faciais e corporais dos dois atores, ao ponto deles convencerem o espectador que realmente há uma conexão entre eles.

    Sieger e Marc se divertindo numa cama elástica | Boys - 2014 | Blog #tas


    Apesar dos fatores positivos presentes na história, existem alguns elementos que acabam incomodando no decorrer do filme. Em certos momentos você percebe que o foco é perdido no meio da história. Ora você se depara com o drama familiar de Sieger, ora com as incertezas de seus romance com Marc. E conforme vai avançando, você sente que falta  algo mais que complemente o enredo.

    Apesar da questão do roteiro, o filme cumpre com o papel proposto, abordar as  descobertas de Sieger de forma romantizada, fugindo um pouco dos padrões conflituosos que estamos acostumados a ver em outros filmes que abordam a mesma temática.

    Marc recebendo as desculpas de Sieger | Boys - 2014 | Blog #tas


    O filme possui uma boa fotografia e cenas marcantes como: o primeiro beijo entre dois garotos, a fuga durante a noite para irem à praia e o empurrão que Sieger dá em Marc para que ele saia de seu caminho, com medo que seu irmão descobrisse. Esta última cena não teve agressão física, mas machucou profundamente os sentimentos de Marc, ao ponto de você se colocar no lugar dele. Vale mencionar que o ator Gijs Blom foi ótimo ao concentrar a decepção de seu personagem pelo olhar – expressão muito bem trabalhada.

    Ko Zandvliet é Marc | Boys - 2014 | Blog #tas
    (Ko Zandvliet é Marc | Boys - 2014)

    E não acaba por aí, Boys foi tão bem trabalhada que a o filme foi exibido e premiado em diversos festivais holandeses dentre eles: Nederlands Film (crítica e ator coadjuvante), Lucas (filmes para jovens), Mumbai Gay (filme) e Cinekid (melhor filme holandês).


    Boys (Jongens, 2014) Capa do filme | Blog #tas

    Ficha Técnica:
    Título Original: Jongens
    Diretora: Mischa Kamp
    Elenco: Gijs Blom, Ko Zandvliet, Jonas Smulders
    País: Holanda
    Ano: 2014

    O Filme Ganhou:
    O filme levou 4/5 medalhas #tas | blog #tas
    (4/5 medalhas #tas)
    Agora gostaria de saber de você o que achou do filme? Deixe seu comentário e me conte o que identificou além dos elementos que mencionei aqui. 

    Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude a aumentar o debate em torno do filme.

    Até o próximo post ;)


    Trailer :

  • Leia Também

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário