• American Crime Story: Versace | Tudo Sobre o Assassino Andrew Cunanan | Blog #tas

    A temporada de American Crime Story: The Assassination of Gianni Versace, tem tudo para fazer a internet passar mal. Descubra por quê.

    Desde que foi anunciada que a temporada de American Crime Story sobre o assassinato do estilista Gianni Versace foi antecipada, os fãs foram ao delírio. Também pudera, depois da divulgação das fotos do backstage, não tinha como não vibrar com esta notícia. Nada mais que justo, antecipar algo que já é sucesso, muito antes mesmo de estrear - não é verdade?


    (Darren Criss, Ricky Martin, Penélope Cruz e Édgar Ramirez | Backstage | American Crime Story: Versace)



    Porém nosso post de hoje será um pouco diferente, não iremos focar no mundo glamouroso de Gianni Versace, e sim na história de seu assassino Andrew Cunanan que mais se parece com  um roteiro de filme policial. E não é a toa que Ryan Murphy quis retratar essa história em American Crime Story.

    (Sarah Paulson, Cuba Golding Jr e John Travolta | American Crime Story: The People vs O.J. Simpson)


    E pelo visto, Ryan Murphy vai querer repetir o sucesso alcançado na primeira temporada, que retratou o caso do ex-jogador de futebol americano O.J. Simpson. A criteriosa produção fez tanto barulho que rendeu prêmios no Emmy de 2016, dentre eles :


    • Melhor Série Limitada
    • Melhor Ator em Série Limitada ( Courtney B.Vance)
    • Melhor Atriz em Série Limitada (Sarah Paulson)
    • Melhor ator Coadjuvante (Sterling K. Brown)

    (Courtney B. Vance, Sarah Paulson e Sterling K. Brown | Emmy 2016)


    A consagração foi garantida!


    Enquanto esta temporada não é lançada, vamos conhecer o perfil assustador de Andrew Cunanan, o homem que matou Gianni Versace.


    #Sobre Gianni Versace


    Gianni Versace foi um estilista da alta costura italiana que fundou sua própria marca em 1978, depois de ter trabalhado para Callaghan, Genny e Complice. O seu estilo de moda com estamparias de silhuetas sex bomb, foram a consagração para adquirir uma invejável clientela de ricos e famosos - tornando suas peças caras, luxuosas e glamourosas. Essa característica vinha de um sonho de trazer de volta o estilo da antiguidade clássica  para os anos 1980 e 1990 - o samba já era livre naquela época.


    (Gianni Versace - estilista da alta costura italiana)



    Assim como Gianni Versace ganhava cada vez mais destaque, também ganhou alguns rivais dentro do Império da Moda, dentre eles Giorgio Armani. Destaque para uma frase polêmica de Versace que deu muito pano pra manga às tretas fashionistas:


    Armani veste as esposas e Versace, as amantes.

    Em 1994 Versace foi diagnosticado com câncer e forçado a delegar funções de sua marca para sua irmã Donatella Versace. O plano de ação deu tão certo que Gianni ao retornar percebeu que sua equipe tendia a seguir as determinações Donatella, transmitindo a imagem de que ele tinha perdido o seu espaço - estremecendo um pouco a relação dos dois.


    No dia 15 de julho de 1997, Gianni iria ser homenageado em Milão, mas decidiu não estar presente por não aceitar dividir o camarim com alguns de seus concorrentes, especialmente Armani. Sendo assim, ele deixou que os irmãos, Santo e Donatella, cuidassem dos preparativos do desfile, enquanto ele ficaria em Miami com seu companheiro de 15 anos, Antonio D’Amico.


    O que ninguém poderia imaginar é que naquela mesma tarde, Gianni Versace teria sua vida interrompida com 2 tiros na nuca, disparados por Andrew Cunanan, na entrada da casa Casuarina - sua mansão de 35 quartos.


    #Quem foi Andrew Cunanan?


    Não se sabe ao certo os reais motivos  que levaram Andrew Cunanan a assassinar Gianni Versace. Baseados em investigações sobre seu histórico, o FBI e alguns jornalistas tinham uma teoria de que ele se satisfazia com os crimes cometidos - que por sinal, todos eles foram bárbaros.

    (Andrew Cunanan na infância)


    E para você entender do que estou falando, vamos começar analisando seu perfil desde sua infância - onde Andrew Cunanan já manifestava problemas, conforme relatos.


    • Infância: desde criança já manifestava uma certa insatisfação com a relação conturbada de seus pais. Isso fez com que ele simplesmente inventasse uma realidade, criando a imagem de um família perfeita. Além de ser uma válvula de escape, esta atitude o tornava o centro das atenções no colégio.


    • Adolescência: e conforme ele ia crescendo essas realidades inventadas iam ficando cada vez mais acentuadas. E com o crescimento de seu pai na carreira Corretor de Seguros, Andrew conheceu o mundo das grifes e pôde sustentar essa imagem inventada. Logo no início de sua adolescência, ele teve sua primeira relação gay e conversava abertamente sobre o assunto com seus colegas, contando todos os detalhes sórdidos possíveis.


    Aos 15 anos ele já era frequentador assíduo de bares e pontos gays em San Diego e ali aprendeu a arte de ser quem ele quisesse, criando duas personalidades - Andrew DaSilva e David Morales. Os dois personagens tinham características diferentes entre si, porém muito semelhantes na arte de seduzir.

    • Adulto: Ao completar sua maioridade, Andrew Cunanan ficou um rapaz muito atraente e já  era considerado um acompanhante de luxo, bastante disputado pelos clientes da alta sociedade e desfrutava de várias regalias - de apartamentos secretos para os encontros íntimos, à cartões de crédito sem limites. Essas ostentações despertaram a desconfiança de seus pais, porém ele sempre dava um jeito de desconversar.


    (Andrew Cunanan no colegial)


    #Escândalos e Revelações


    Os problemas começaram a aparecer na família de Andrew Cunanan. O seu pai, Modesto Cunanan, foi demitido de várias corretoras de seguro e foi acusado desvio de dinheiro. O escândalo foi tão grande, que seu pai abandonou a família e fugiu para as Filipinas.


    E não demorou muito para que a situação piorasse. Mary Anne, mãe de Andrew, flagrou seu filho beijando outro homem em San Diego - onde eles moravam. O episódio provocou uma discussão tão grande entre os dois que Andrew, totalmente descontrolado, agrediu a própria mãe. Após o ocorrido, o rapaz vai embora de casa.


    #Conhecendo o submundo


    Andrew Cunanan foi morar no Distrito do Cairo, em São Francisco. Ali ele aperfeiçoou suas personalidades sedutoras e passou a conhecer o lado barra pesada da prostituição – do sado-masoquismo ao mundo das drogas. E a medida que ele se deixava violentar, ia se tornando uma pessoa cada vez mais agressiva, sádica e raivosa.


    O rapaz também frequentou alguns bares, saunas e bordéis de luxo para conseguir alguns amantes ricos, mas devido seu envolvimento com pequenos furtos e tráfico de drogas, acabou sofrendo várias denúncias e teve suas portas fechadas.


    #Mudança Radical


    Segundo alguns relatos, Andrew Cunanan mudou radicalmente a partir do dia 27 de abril de 1997, quando realizou um teste de AIDS. Ninguém sabia ao certo o resultado, porque ele não foi buscá-lo, mas consideram um marco em sua vida. Cunanan começou a ficar estranho, descartou suas personalidades sedutoras, passou a se descuidar de sua aparência e, consequentemente, a perder todos seus clientes.


    #Introdução ao mundo do crime


    Andrew Cunanan conforme ia perdendo tudo, ficava cada vez mais estranho. E para piorar a situação, o rapaz descobriu que dois de seus amantes, David Madson e Jeff Trail, estavam tendo um caso. Ao tomar conhecimento, Andrew teve um surto repentino e estava disposto a pôr um fim nessa história.


    Andrew então convida Jeff Trail para jantar no loft de David Madson para conversarem sobre o assunto. Ao chegarem ao local, uma discussão de grandes proporções é iniciada entre os dois. Descontrolado, Andrew pega um martelo de carne e golpeia Jeff na cabeça até sua morte. Após cometer o crime, o rapaz descontrolado enrola o corpo da vítima em um tapete e depois foge com David Madson. O corpo foi descoberto dias depois, após o porteiro do prédio sentir um mau cheiro e arrombar a porta. A polícia então foi acionada.


    #Próximas Vítimas


    • David Madson: Andrew Cunanan continuava descontrolado e durante a fuga deu três tiros David Madson e larga o corpo na estrada;.


    • Lee Miglin: ao saber que FBI estava a sua procura, Andrew vai até Chicago para extorquir um antigo cliente, Lee Miglin de 72 anos. Após surpreendê-lo, Cunanan leva a vítima até sua garagem, o amordaça, aplica vários golpes de tesoura, corta sua garganta com uma serra elétrica e finaliza atropelando o cadáver várias vezes, até virar uma pasta de carne. Em seguida, foge com o carro de Lee Miglin.


    • William Reese: cinco dias depois, Andrew faz sua quarta vítima. Desta vez em Nova Jersey. Como ele precisava trocar de veículo para despistar os policiais, ele foi procurar abrigo em um cemitério. Ao avistar uma picape na frente da casa do coveiro, ele resolve roubá-la. Cunanan vai até a casae faz mais uma vítima, William Reese de 45 anos, que morreu com um tiro na cabeça.


    Devido grande correria do FBI em prendê-lo, Andrew Cunanan se tornou inimigo número um dos EUA. Como não havia pistas de sua próxima localização, a alternativa encontrada era espalhar cartazes com fotos de seu rosto.


    (Jeff Trail, David Madson, Lee Miglin e William Reese | Vítimas de Andrew Cunanan)



    #O Próximo Alvo: Gianni Versace


    Em maio de 1997, Cunanan chegou em Miami, Flórida, e passou dois meses hospedados em um hotel. Durante este período frequentou os lugares mais caros e badalados do local, e muitos deles eram frequentados por Gianni Versace. Tudo indica Cunanan estava estudando os passos do estilista, uma vez que ele chamava bastante atenção por estar sempre acompanhado por uma equipe de guarda-costas.


    Eis que chega o dia 15 de julho de 1997. Após uma passada no News Café, onde era cliente assíduo, Gianni Versace estava voltando para sua casa. Ao chegar na entrada de sua mansão, o estilista recebe dois tiros na nuca, disparados por Andrew Cunanan - que o seguiu desde café e foi embora após cometer o crime.


    Oito dias se passaram após a morte de Versace e sem sinais de Andrew Cunanan. Porém a polícia recebeu uma denúncia de um zelador chamado Fernando Carrera, que era responsável pela guarda da casa de barcos do milionário Torsten Reineck, em Miami. O zelador foi verificar um barulho que vinha em um dos cômodos da casa, e para sua surpresa, se deparou com Andrew Cunanan que assustado se trancou em um dos quartos. Essa foi a oportunidade de Carrera fugir e ligar para as autoridades.


    O FBI montou um cerco, com aproximadamente 400 policiais, na casa de barcos de Reineck. E quando conseguem finalmente invadir a residência, eles escutam um disparo em um dos cômodos da casa e encontraram o corpo de Andrew Cunanan, que cometeu suicídio,  juntos com alguns recortes de jornais com as manchetes de seus crimes.


    #O Desafio de Darren Criss


    Diante destes fatos que comentamos até aqui, só temos a concluir que Andrew Cunanan será um desafio para Darren Criss, porque é um personagem muito forte e assustador. E não tenho dúvidas que este será um papel que irá consagrar mais ainda sua carreira, quem sabe até indicação para o Emmy de 2018?


    (Darren Criss será Andrew Cunanan | American Crime Story: Versace)



    Vamos esperar esse tiro de Ryan Murphy.


    Agora quero saber de você. Deixe seu comentário sobre o que você sabia do caso do assassinato de Gianni Versace. Fique a vontade o espaço é nosso.


    Se você gostou deste artigo compartilhe com seus parentes e amigos que estão ansiosos com a chegada da segunda temporada de American Crime Story.


    Até o próximo post!




  • Leia Também

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário